Configuração#

Todas as configurações estão armazenadas em settings.py (como é habitual no Django).

Nota

After changing any of these settings, you need to restart Weblate — both WSGI and Celery processes.

Caso seja executado como mod_wsgi:, precisa reiniciar o Apache para recarregar a configuração.

Veja também

Verifique também :doc:`Django’s documentation <django:ref/settings>`para parâmetros de configuração do próprio Django.

ADMINS_CONTACT#

Configures where contact form sends e-mails. If not configured, e-mail addresses from ADMINS are used.

Configure this as a list of e-mail addresses:

ADMINS_CONTACT = ["admin@example.com", "support@example.com"]

Veja também

CONTACT_FORM, ADMINS

AKISMET_API_KEY#

O Weblate pode usar o Akismet para procurar sugestões recebidas anonimamente por spam. Visite akismet.com para comprar uma chave API e associá-la a um site.

ANONYMOUS_USER_NAME#

O nome de utilizadores não autenticados.

Veja também

Controlo de acesso

AUDITLOG_EXPIRY#

How many days Weblate should keep audit logs (which contain info about account activity).

A predefinição é de 180 dias.

AUTH_LOCK_ATTEMPTS#

Quantidade máxima de tentativas de autenticação que falharam antes da aplicação da limitação de taxa.

Atualmente, isto é aplicado nos locais seguintes:

  • Login. Apaga a palavra-passe da conta, impedindo que o utilizador entre sem solicitar uma nova palavra-passe.

  • Password reset. Prevents new e-mails from being sent, avoiding spamming users with too many password-reset attempts.

A predefinição é 10.

Veja também

Limitação de taxa

AUTO_UPDATE#

Atualiza todos repositórios diariamente.

Dica

Útil se não estiver a user Hooks de notificação para atualizar os repositórios do Weblate automaticamente.

Nota

Existem opções de ligar/desligar, além da seleção de cadeias para compatibilidade com versões anteriores.

The options are:

"none"

Sem atualizações diárias.

"remote" e também False

Atualizar apenas os repositórios remotos.

"full" e também True

Atualizar repositórios remotos e mesclar a cópia de trabalho.

Nota

Isto requer que Tarefas de fundo a usar o Celery esteja a funcionar e entrará em vigor após ser reiniciado.

AVATAR_URL_PREFIX#

Prefixo para construção de URLs de avatars: ${AVATAR_URL_PREFIX}/avatar/${MAIL_HASH}?${PARAMS}. Os serviços seguintes funcionam:

Gravatar (predefinição), conforme https://gravatar.com/

AVATAR_URL_PREFIX = 'https://www.gravatar.com/'

Libravatar, conforme https://www.libravatar.org/

AVATAR_URL_PREFIX = 'https://www.libravatar.org/'

AUTH_TOKEN_VALID#

Por quanto tempo o token de autenticação e a palavra-passe temporária dos e-mails de redefinição de palavra-passe são válidos. Definido em número de segundos, usando 172800 (2 dias) como predefinição.

AUTH_PASSWORD_DAYS#

How many days Weblate rejects reusing a previously used password for a user.

A verificação é baseada no registo de auditoria, :setting:”AUDITLOG_EXPIRY” precisa ser pelo menos o mesmo que isto.

Nota

Mudanças de palavra-passe feitas anteriormente ao Weblate 2.15 não serão consideradas para essa política.

A predefinição é de 180 dias.

AUTOFIX_LIST#

Lista de correções automáticas para aplicar ao gravar uma cadeia.

Nota

Provide a fully-qualified path to the Python class that implements the autofixer interface.

Correções disponíveis:

weblate.trans.autofixes.whitespace.SameBookendingWhitespace

Corresponde o espaço em branco no início e no fim da cadeia com a fonte.

weblate.trans.autofixes.chars.ReplaceTrailingDotsWithEllipsis

Substitui pontos ao final (…) se a cadeia fonte tiver um caractere de reticências (…) correspondente.

weblate.trans.autofixes.chars.RemoveZeroSpace

Remove caracteres de espaço de largura zero se a fonte não contiver nenhum.

weblate.trans.autofixes.chars.RemoveControlChars

Remove caracteres de controle se a fonte não contiver nenhum.

weblate.trans.autofixes.chars.DevanagariDanda

Replaces sentence full stop in Bangla by the devanagari danda character.

weblate.trans.autofixes.html.BleachHTML

Remove a marcação HTML insegura das cadeias sinalizadas como safe-html (veja HTML inseguro).

Pode selecionar quais usar:

AUTOFIX_LIST = (
    "weblate.trans.autofixes.whitespace.SameBookendingWhitespace",
    "weblate.trans.autofixes.chars.ReplaceTrailingDotsWithEllipsis",
)

BACKGROUND_TASKS#

Novo na versão 4.5.2.

Define com que frequência as tarefas de manutenção demoradas devem ser acionadas para um componente.

No momento, isso controla:

Escolhas possíveis:

  • monthly (este é o padrão)

  • weekly

  • daily

  • never

Nota

O aumento da frequência não é recomendado quando o Weblate contém milhares de componentes.

BASIC_LANGUAGES#

Novo na versão 4.4.

List of languages to offer users for starting a new translation. When not specified, a built-in list is used (which includes all commonly used languages, but without country specific variants).

This only limits non privileged users to add unwanted languages. Project admins are still presented with the full selection of languages defined in Weblate.

Nota

This does not define new languages for Weblate — it only filters existing ones in the database.

Exemplo:

BASIC_LANGUAGES = {"cs", "it", "ja", "en"}

Veja também

Definições de idioma

BORG_EXTRA_ARGS#

Novo na versão 4.9.

Pode passar argumentos adicionais para borg create quando backups embutidos forem acionados.

Exemplo:

BORG_EXTRA_ARGS = ["--exclude", "vcs/"]

CACHE_DIR#

Novo na versão 4.16.

Diretório onde o Weblate armazena ficheiros de cache. O padrão é a subpasta:file:”cache” em :setting:”DATA_DIR”.

Altere isto para o sistema de ficheiros local ou temporário se :setting:”DATA_DIR” estiver num sistema de ficheiros de rede.

O contentor do Docker usa um volume separado para isso, veja Volumes de contentor Docker.

Os subdiretórios seguintes geralmente existem:

fonts

font-config cache for Gerir letras.

avatar

Cached user avatars, see Avatares.

static

Localização padrão para ficheiros de Django estáticos, especificados por STATIC_ROOT. Veja Servir ficheiros estáticos.

tesseract

OCR trained data for Contexto visual para cadeias.

CSP_SCRIPT_SRC, CSP_IMG_SRC, CSP_CONNECT_SRC, CSP_STYLE_SRC, CSP_FONT_SRC#

Customize Content-Security-Policy header for Weblate. The header is automatically generated based on enabled integrations with third-party services (Matomo, Google Analytics, Sentry, …).

Todos esses tem uma lista vazia como predefinição.

Exemplo:

# Enable Cloudflare Javascript optimizations
CSP_SCRIPT_SRC = ["ajax.cloudflare.com"]

CHECK_LIST#

Lista de verificações de qualidade para realizar numa tradução.

Nota

Forneça um caminho totalmente qualificado à classe Python que implementa a interface de verificação.

Ajuste a lista de verificações para incluir as relevantes para si.

All built-in Verificações de qualidade are turned on by default, from where you can change these settings. By default they are commented out in Amostra de configuração so that default values are used. New checks are then carried out for each new Weblate version.

Pode desativar todas as verificações:

CHECK_LIST = ()

Pode ativar apenas algumas:

CHECK_LIST = (
    "weblate.checks.chars.BeginNewlineCheck",
    "weblate.checks.chars.EndNewlineCheck",
    "weblate.checks.chars.MaxLengthCheck",
)

Nota

Changing this setting only affects newly changed translations. Existing checks will still be stored in the database. To also apply changes to the stored translations, run updatechecks.

COMMENT_CLEANUP_DAYS#

Apaga comentários após uma determinada quantidade de dias. A predefinição é None, ou seja, nada apagado.

COMMIT_PENDING_HOURS#

Quantidade de horas entre fazer o commit de alterações pendentes por meio da tarefa de segundo plano.

CONTACT_FORM#

Novo na versão 4.6.

Configures how e-mail from the contact form is being sent. Choose a configuration that matches the configuration of your mail server.

"reply-to"

O remetente é usado como Reply-To, este é o comportamento padrão.

"from"

O remetente é usado como From. O seu servidor de e-mail precisa permitir o envio de tais e-mails.

Veja também

ADMINS_CONTACT

DATA_DIR#

A pasta na qual Weblate armazena todos os dados. Ela contém ligações para repositórios VCS, um índice de texto e vários ficheiros de configuração para ferramentas externas.

Os subdiretórios seguintes geralmente existem:

home

O diretório pessoal usado para invocar scripts.

ssh

Chaves e configuração de SSH.

media

Localização padrão para ficheiros de mídia Django, especificado por MEDIA_ROOT. Contém capturas de ecrã enviadas, veja Contexto visual para cadeias.

vcs

Version-control repositories for translations.

backups

Daily backup data. Please check Dados despejados para backups for details.

fonts:

Fontes enviadas pelo utilizador, veja Gerir letras.

cache

Various caches. Can be placed elsewhere using CACHE_DIR.

O contentor do Docker usa um volume separado para isso, veja Volumes de contentor Docker.

Nota

Este diretório tem que ser escrito pelo Weblate. Executá-lo como uWSGI significa que o utilizador www-data deve ter acesso de escrita.

A maneira mais fácil de conseguir isto é fazer do utilizador o proprietário do diretório:

sudo chown www-data:www-data -R $DATA_DIR

O padrão é /home/weblate/data, mas espera-se que seja configurado.

DATABASE_BACKUP#

Se os backups de banco de dados devem ser armazenados como texto simples, compactado ou ignorado. Os valores autorizados são:

  • "plain"

  • "compressed"

  • "none"

DEFAULT_ACCESS_CONTROL#

The default access-control setting for new projects:

0

Público

1

Protegido

100

Privado

200

Personalizado

Use Personalizado se está a gerir a ACL manualmente, o que significa não confiar na gestão interna do Weblate.

DEFAULT_AUTO_WATCH#

Novo na versão 4.5.

Configura se Observar automaticamente projetos em contribuição deve ser ativado para novos utilizadores. O padrão é True.

Veja também

Notificações

DEFAULT_RESTRICTED_COMPONENT#

Novo na versão 4.1.

O valor predefinido para a restrição de componentes.

DEFAULT_ADD_MESSAGE, DEFAULT_ADDON_MESSAGE, DEFAULT_COMMIT_MESSAGE, DEFAULT_DELETE_MESSAGE, DEFAULT_MERGE_MESSAGE#

Enviar mensagens predefinidas para diferentes operações, consulte Configuração de componente para detalhes.

DEFAULT_ADDONS#

Default add-ons to install for every created component.

Nota

Essa configuração afeta apenas componentes recém-criados.

Exemplo:

DEFAULT_ADDONS = {
    # Add-on with no parameters
    "weblate.flags.target_edit": {},
    # Add-on with parameters
    "weblate.autotranslate.autotranslate": {
        "mode": "suggest",
        "filter_type": "todo",
        "auto_source": "mt",
        "component": "",
        "engines": ["weblate-translation-memory"],
        "threshold": "80",
    },
}

DEFAULT_COMMITER_EMAIL#

Committer e-mail address, defaulting to noreply@weblate.org.

Veja também

DEFAULT_COMMITER_NAME

DEFAULT_COMMITER_NAME#

Committer name, defaulting to Weblate.

Veja também

DEFAULT_COMMITER_EMAIL

DEFAULT_LANGUAGE#

Novo na versão 4.3.2.

Idioma fonte for any new components.

O padrão é en. O objeto de idioma correspondente precisa existir no banco de dados.

DEFAULT_MERGE_STYLE#

Estilo de união for any new components.

  • rebase - predefinição

  • merge

DEFAULT_SHARED_TM#

Configures the default value of Utilizar memória de tradução partilhada and Contribuir à memória de tradução compartilhada.

DEFAULT_TRANSLATION_PROPAGATION#

Configuração predefinida para propagação de tradução, a predefinição é True.

DEFAULT_PULL_MESSAGE#

Configura o título e a mensagem padrão para pull requests.

ENABLE_AVATARS#

Whether to turn on Gravatar-based avatars for users. On by default.

Avatares são buscados e armazenados em cache no servidor, diminuindo o risco de vazamento de informações privadas, acelerando a experiência do utilizador.

ENABLE_HOOKS#

Whether to turn on anonymous remote hooks.

Veja também

Hooks de notificação

ENABLE_HTTPS#

Se se deve enviar ligações para Weblate como HTTPS ou HTTP. Esta configuração afeta os e-mails enviados e as URLs absolutas geradas.

In the default configuration this is also used for several Django settings related to HTTPS — it enables secure cookies, toggles HSTS or enables redirection to a HTTPS URL.

The HTTPS redirection might be problematic in some cases and you might hit an issue with infinite redirection in case you are using a reverse proxy doing an SSL termination which does not correctly pass protocol headers to Django. Please tweak your reverse proxy configuration to emit X-Forwarded-Proto or Forwarded headers or configure SECURE_PROXY_SSL_HEADER to let Django correctly detect the SSL status.

ENABLE_SHARING#

Ativa/desativa o menu Compartilhar para que os utilizadores possam compartilhar o progresso da tradução nas redes sociais.

EXTRA_HTML_HEAD#

Novo na versão 4.15.

Insert additional markup into the HTML header. Can be used for verification of site ownership, for example:

EXTRA_HTML_HEAD = '<link href="https://fosstodon.org/@weblate" rel="me">'

Aviso

No sanitization is performed on the string. It is inserted as-is into the HTML header.

GET_HELP_URL#

Novo na versão 4.5.2.

URL onde o suporte para sua instância do Weblate encontra-se.

GITEA_CREDENTIALS#

Novo na versão 4.12.

Lista para credenciais para servidores Gitea.

GITEA_CREDENTIALS = {
    "try.gitea.io": {
        "username": "weblate",
        "token": "your-api-token",
    },
}

The configuration dictionary consists of credentials defined for each API host. The layout is same for almost all version control integrations and is described at Configuring version control credentials.

GITLAB_CREDENTIALS#

Novo na versão 4.3.

Lista para credenciais para servidores de GitLab.

GITLAB_CREDENTIALS = {
    "gitlab.com": {
        "username": "weblate",
        "token": "your-api-token",
    },
}

The configuration dictionary consists of credentials defined for each API host. The layout is same for almost all version control integrations and is described at Configuring version control credentials.

GITHUB_CREDENTIALS#

Novo na versão 4.3.

Lista para credenciais para servidores GitHub.

GITHUB_CREDENTIALS = {
    "api.github.com": {
        "username": "weblate",
        "token": "your-api-token",
    },
}

Dica

Use api.github.com as a API host for https://github.com/.

The configuration dictionary consists of credentials defined for each API host. The layout is same for almost all version control integrations and is described at Configuring version control credentials.

BITBUCKETSERVER_CREDENTIALS#

Novo na versão 4.16.

Lista de credenciais para servidores Bitbucket.

BITBUCKETSERVER_CREDENTIALS = {
    "git.self-hosted.com": {
        "username": "weblate",
        "token": "http-access-token",
    },
}

The configuration dictionary consists of credentials defined for each API host. The layout is same for almost all version control integrations and is described at Configuring version control credentials.

AZURE_DEVOPS_CREDENTIALS#

Novo na versão 5.2.

List for credentials for Azure DevOps servers.

AZURE_DEVOPS_CREDENTIALS = {
    "dev.azure.com": {
        "username": "project-name",
        "token": "your-api-token",
        "organization": "organization-name",
    },
}

The configuration dictionary consists of credentials defined for each API host. The API host might be different from what you use in the web browser, for example GitHub API is accessed as api.github.com.

The following configuration is available for each host:

username

The name of the Azure DevOps project. This is not the repository name.

organization

The name of the organization of the project.

workItemIds

An optional list of work items IDs from your organization. When provided new pull requests will have these attached.

token

API token for the API user, required.

Additional settings not described here can be found at Configuring version control credentials.

GOOGLE_ANALYTICS_ID#

ID do Google Analytics para ativar o monitoramento do Weblate a usar o Google Analytics.

HIDE_REPO_CREDENTIALS#

Oculta credenciais de repositório da interface web. No caso de ter URL do repositório com utilizador e palavra-passe, o Weblate irá ocultá-la quando as informações relacionadas são mostradas aos utilizadores.

Por exemplo, em vez de https://utilizador:palavra-passe@git.example.com/repo.git, vai mostrar apenas “”https://git.example.com/repo.git”””. Tenta limpar mensagens de erro VCS também de forma semelhante.

Nota

On by default.

HIDE_VERSION#

Novo na versão 4.3.1.

Hides version info from unauthenticated users. This also makes all documentation links point to the latest version instead of the documentation matching the currently installed version.

Hiding the version is a recommended security practice in some corporations, does not prevent an attacker from figuring out version by probing behavior.

Nota

Isto está desativado por predefinição.

INTERLEDGER_PAYMENT_POINTERS#

Novo na versão 4.12.1.

Lista de Indicadores de Pagamento Interledger (ILPs) para Monetização da Web.

Se vários forem especificados, o compartilhamento de receita probabilístico é obtido selecionando um aleatoriamente.

Consulte <https://webmonetization.org/> para mais detalhes.

Dica

O valor padrão permite que os utilizadores financiem o próprio Weblate.

IP_BEHIND_REVERSE_PROXY#

Indica se o Weblate está a ser usado através de um proxy reverso.

Se for definido como True, o Weblate obtém o endereço IP de um cabeçalho definido por IP_PROXY_HEADER.

Aviso

Certifique-se de que está realmente a usar um proxy reverso e que ele define este cabeçalho, caso contrário, os utilizadores poderão falsificar o endereço IP.

Nota

Isto está ligado por predefinição.

IP_PROXY_HEADER#

Indica de qual cabeçalho o Weblate deve obter o endereço IP quando IP_BEHIND_REVERSE_PROXY está ativado.

A predefinição é HTTP_X_FORWARDED_FOR.

IP_PROXY_OFFSET#

Alterado na versão 5.0.1: The default changed from 1 to -1.

Indica qual parte de IP_PROXY_HEADER é usada como endereço IP do cliente.

Depending on your setup, this header might consist of several IP addresses, (for example X-Forwarded-For: client-ip, proxy-a, proxy-b) and you can configure which address from the header is used as client IP address here.

Aviso

Setting this affects the security of your installation. You should only configure it to use trusted proxies for determining the IP address. Please check <https://developer.mozilla.org/en-US/docs/Web/HTTP/Headers/X-Forwarded-For#security_and_privacy_concerns> for more details.

Defaults to -1.

LICENSE_EXTRA#

Licenças adicionais para incluir nas opções de licença.

Nota

Cada definição de licença deve ser uma tupla do seu nome curto, um nome longo e uma URL.

Por exemplo:

LICENSE_EXTRA = [
    (
        "AGPL-3.0",
        "GNU Affero General Public License v3.0",
        "https://www.gnu.org/licenses/agpl-3.0-standalone.html",
    ),
]

LICENSE_FILTER#

Alterado na versão 4.3: A configurar este para valor em branco desativa o alerta de licença.

Filtrar licenças da lista para mostrar. Isto também desativa o alerta de licença quando configurado para vazio.

Nota

Este filtro usa os nomes de licença curtos.

Por exemplo:

LICENSE_FILTER = {"AGPL-3.0", "GPL-3.0-or-later"}

O seguinte desativa o alerta de licença:

LICENSE_FILTER = set()

LICENSE_REQUIRED#

Define se o atributo de licença em Configuração de componente é necessário.

Nota

Isto está desativado por predefinição.

LIMIT_TRANSLATION_LENGTH_BY_SOURCE_LENGTH#

Se o comprimento de uma determinada tradução deve ser limitado. A restrição é o comprimento do texto fonte × 10 caracteres.

Dica

Defina isso como False para permitir traduções mais longas (até 10.000 caracteres) independentemente do comprimento do texto fonte.

Nota

A predefinição é «True».

LOCALIZE_CDN_URL e LOCALIZE_CDN_PATH#

Essas configurações definem a extensão CDN de localização JavaScript. LOCALIZE_CDN_URL define a URL raiz onde o CDN de localização está disponível e LOCALIZE_CDN_PATH define o caminho onde o Weblate deve armazenar ficheiros gerados que serão servidos em LOCALIZE_CDN_URL.

Dica

O Hosted Weblate usa o https://weblate-cdn.com/.

LOGIN_REQUIRED_URLS#

Uma lista de URLs que deseja exigir autenticação. (Além das regras padrão incorporadas na Weblate).

Dica

Isto permite que proteja toda a instalação com uma palavra-passe a usar:

LOGIN_REQUIRED_URLS = (r"/(.*)$",)
REST_FRAMEWORK["DEFAULT_PERMISSION_CLASSES"] = [
    "rest_framework.permissions.IsAuthenticated"
]

Dica

É desejável bloquear o acesso à API também, como mostrado no exemplo acima.

Veja também

REQUIRE_LOGIN

LOGIN_REQUIRED_URLS_EXCEPTIONS#

List of exceptions for LOGIN_REQUIRED_URLS. If not specified, users are allowed to access the sign-in page.

See the Amostra de configuração for recommended configuration of this setting.

MATOMO_SITE_ID#

ID of the site in Matomo (formerly Piwik) you want to use for tracking Weblate.

Nota

Esta integração não suporta o Matomo Tag Manager.

Veja também

MATOMO_URL

MATOMO_URL#

URL completa (incluindo barra ao final) de uma instalação Matomo (anteriormente Piwik) que deseja usar para rastrear o uso do Weblate. Por favor, consulte <https://matomo.org/> para mais detalhes.

Dica

Esta integração não suporta o Matomo Tag Manager.

Por exemplo:

MATOMO_SITE_ID = 1
MATOMO_URL = "https://example.matomo.cloud/"

Veja também

MATOMO_SITE_ID

NEARBY_MESSAGES#

Quantas cadeia devem ser mostradas em torno da cadeia atualmente traduzida. Este é apenas um valor predefinido, os utilizadores podem ajustar-lo em Perfil do utilizador.

DEFAULT_PAGE_LIMIT#

Novo na versão 4.7.

Número padrão de elementos a serem exibidos quando a paginação está ativa.

PAGURE_CREDENTIALS#

Novo na versão 4.3.2.

Lista para credenciais para servidores de Pagure.

PAGURE_CREDENTIALS = {
    "pagure.io": {
        "username": "weblate",
        "token": "your-api-token",
    },
}

The configuration dictionary consists of credentials defined for each API host. The layout is same for almost all version control integrations and is described at Configuring version control credentials.

PRIVACY_URL#

Novo na versão 4.8.1.

URL onde a sua instância de Weblate mostra sua política de privacidade.

Dica

Útil se hospeda os seus documentos legais fora do Weblate para incorporá-los ao Weblate, verifique Legal para obter detalhes.

Exemplo:

PRIVACY_URL = "https://weblate.org/terms/"

Veja também

LEGAL_URL

PRIVATE_COMMIT_EMAIL_OPT_IN#

Novo na versão 4.15.

Configures whether the private commit e-mail is opt-in or opt-out (by default it is opt-in).

Dica

This setting only applies to users which have not explicitly chosen a commit e-mail.

PRIVATE_COMMIT_EMAIL_TEMPLATE#

Novo na versão 4.15.

Modelo para gerar e-mail de commit privado para um utilizador. O padrão é "{username}@users.noreply.{site_domain}".

Defina para texto vazio para desativar.

Nota

O uso de e-mail de commit diferente é opcional para os utilizadores, a menos que configurado por PRIVATE_COMMIT_EMAIL_OPT_IN. Os utilizadores podem configurar o e-mail de commit no Perfil.

PROJECT_BACKUP_KEEP_COUNT#

Novo na versão 4.14.

Defines how many backups per project are kept on the server. Defaults to 3.

PROJECT_BACKUP_KEEP_DAYS#

Novo na versão 4.14.

Define por quanto tempo os backups do projeto serão mantidos no servidor. O tempo padrão é de 30 dias.

PROJECT_NAME_RESTRICT_RE#

Novo na versão 4.15.

Define uma expressão regular para restringir a nomenclatura do projeto. Quaisquer nomes correspondentes serão rejeitados.

Veja também

Nome do projeto

PROJECT_WEB_RESTRICT_HOST#

Novo na versão 4.16.2.

Rejeitar o uso de determinados hosts no site do projeto. Qualquer subdomínio é correspondido, então incluir example.com também irá bloquear test.example.com. A lista deve conter apenas cadeias em letras minúsculas, o domínio analisado é transformado em letras minúsculas antes da corresponder.

Configuração padrão:

PROJECT_WEB_RESTRICT_HOST = {"localhost"}

PROJECT_WEB_RESTRICT_NUMERIC#

Novo na versão 4.16.2.

Reject using numeric IP address in project website. On by default.

PROJECT_WEB_RESTRICT_RE#

Novo na versão 4.15.

Define uma expressão regular para restringir os sites do projeto. Quaisquer URLs correspondentes serão rejeitados.

RATELIMIT_ATTEMPTS#

A quantidade máxima de tentativas de autenticação antes da limitação da taxa ser aplicada.

A predefinição é 5.

RATELIMIT_WINDOW#

Por quanto tempo a autenticação é aceita após a limitação da taxa ser aplicada.

An amount of seconds, defaulting to 300 (5 minutes).

RATELIMIT_LOCKOUT#

Por quanto tempo a autenticação é bloqueada após a limitação da taxa ser aplicada.

Uma quantidade de segundos com a predefinição de 600 (10 minutos).

REGISTRATION_ALLOW_BACKENDS#

Novo na versão 4.1.

A lista de backends de autenticação de onde permite o registo. Isso só limita novos registos, os utilizadores ainda se podem autenticar e adicionar autenticação por todos os backends de autenticação configurados.

It is recommended to keep REGISTRATION_OPEN on while limiting registration backends, otherwise users will be able to register, but Weblate will not show links to register in the user interface.

Exemplo:

REGISTRATION_ALLOW_BACKENDS = ["azuread-oauth2", "azuread-tenant-oauth2"]

Dica

The backend names match names used in the URL for authentication.

REGISTRATION_CAPTCHA#

Whether registration of new accounts is protected by a CAPTCHA. Defaults to enabled.

Se for ativado, um CAPTCHA é adicionado a todas as páginas onde um utilizador digita o endereço de e-mail dele:

  • Registo de uma conta nova.

  • Recuperação de palavra-passe.

  • Adição de uma e-mail a uma conta.

  • Formulário de contacto para utilizadores que não estão autenticados.

REGISTRATION_EMAIL_MATCH#

Permite filtrar quais endereços de e-mail podem ser registados.

A predefinição é .*, que permite que registar qualquer endereço de e-mail.

Pode usá-lo para restringir o registo a um único domínio de e-mail:

REGISTRATION_EMAIL_MATCH = r"^.*@weblate\.org$"

REGISTRATION_OPEN#

Whether registration of new accounts is currently permitted. Defaults to enabled.

Esta configuração afeta a autenticação embutida por endereço de e-mail ou através do Python Social Auth (pode listar certos back-ends a usar REGISTRATION_ALLOW_BACKENDS).

Nota

Se estiver a usar métodos de autenticação de terceiros, como Autenticação por LDAP, ele apenas oculta o formulário de registo, mas novos utilizadores ainda conseguem se autenticar e criar contas.

REGISTRATION_REBIND#

Novo na versão 4.16.

Permitir backends de autenticação de religação para utilizadores existentes. Ative isto ao migrar entre provedores de autenticação.

Nota

Off by default to not allow adding other authentication backends to an existing account. Rebinding can lead to account compromise when using more third-party authentication backends.

REPOSITORY_ALERT_THRESHOLD#

Novo na versão 4.0.2.

Limiar para acionar um alerta para repositórios desatualizados ou aqueles que contêm muitas alterações. A predefinçao é 25.

REQUIRE_LOGIN#

Novo na versão 4.1.

Isso ativa :configuração`URLS_DE_LOGIN_NECESSÁRIOS` e configura o framework REST a requisitar autenticação para todos os pontos finais da API.

Nota

Isto é implementado no Amostra de configuração. Para Docker, use WEBLATE_REQUIRE_LOGIN.

SENTRY_DSN#

DSN do Sentry para usar para Collecting error reports and monitoring performance.

SENTRY_ENVIRONMENT#

Configures environment for Sentry. Defaults to devel.

SENTRY_PROFILES_SAMPLE_RATE#

Configure sampling rate for performance monitoring. Set to 1 to trace all events, 0 (the default) disables tracing.

SENTRY_SEND_PII#

Allow Sentry to collect certain personally identifiable information. Turned on by default.

SENTRY_TRACES_SAMPLE_RATE#

Configure sampling rate for profiling monitoring. Set to 1 to trace all events, 0 (the default) disables tracing.

Veja também

Sentry Profiling

SIMPLIFY_LANGUAGES#

Use códigos de idioma simples para combinações predfinidas de idioma/país. Por exemplo, uma tradução de fr_FR usará o código de idioma fr. Este é geralmente o comportamento desejado, pois simplifica a lista de idiomas para essas combinações predefinidas.

Desative isto se quiser traduções diferentes para cada variante.

SITE_DOMAIN#

Configures site domain. Necessary to produce correct absolute links in many scopes (for example activation e-mails, notifications or RSS feeds).

If Weblate is running on a non-standard port, include it here as well.

Exemplos::

# Production site with domain name
SITE_DOMAIN = "weblate.example.com"

# Local development with IP address and port
SITE_DOMAIN = "127.0.0.1:8000"

Nota

This setting should only contain the domain name. For configuring protocol, (turning on and enforcing HTTPS) use ENABLE_HTTPS and for changing the URL, use URL_PREFIX.

Dica

Num contentor Docker, o domínio do site é configurado através de WEBLATE_ALLOWED_HOSTS.

SITE_TITLE#

Título do site a ser usado para o site e e-mails enviados.

SPECIAL_CHARS#

Caracteres adicionais para incluir no teclado visual, Teclado visual.

O valor predefinido é:

SPECIAL_CHARS = ("\t", "\n", "\u00a0", "…")

SINGLE_PROJECT#

Redirects users directly to a project or component instead of showing the dashboard. You can either set it to True so it only works if there is actually only single project in Weblate. Alternatively, set the project slug, and it will redirect unconditionally to this project.

Exemplo:

SINGLE_PROJECT = "test"

SSH_EXTRA_ARGS#

Novo na versão 4.9.

Allows adding custom parameters when Weblate is invoking SSH. Useful when connecting to servers using legacy encryption or other non-standard features.

For example when SSH connection in Weblate fails with Unable to negotiate with legacyhost: no matching key exchange method found. Their offer: diffie-hellman-group1-sha1, you can turn that on using:

SSH_EXTRA_ARGS = "-oKexAlgorithms=+diffie-hellman-group1-sha1"

Dica

The string is evaluated by the shell, so ensure any whitespace and special characters is quoted.

STATUS_URL#

A URL onde a sua instância de Weblate relata o estado dela.

SUGGESTION_CLEANUP_DAYS#

Apaga sugestões automaticamente após uma determinada quantidade de dias. A predefinição é None, ou seja, sem exclusões.

SUPPORT_STATUS_CHECK#

Novo na versão 5.5.

Disables semiannual support status check and redirecting superusers upon login to the donation page in case there is no active support subscription.

Dica

Improve your Weblate experience by purchasing a support subscription and boosting Weblate progress instead of turning this off.

UNUSED_ALERT_DAYS#

Novo na versão 4.17.

Configures when the Component seems unused alert is triggered.

Defaults to 365 days, set to 0 to turn it off.

UPDATE_LANGUAGES#

Novo na versão 4.3.2.

Controls whether languages database should be updated when running database migration and is on by default. This setting has no effect on invocation of setuplang.

Aviso

The languages display might become inconsistent with this. Weblate language definitions expand over time and it will not display language code for the defined languages.

URL_PREFIX#

Esta configuração permite que execute Weblate em algum caminho (caso contrário, depende de ser executado a partir da raiz do servidor web).

Nota

Para usar esta configuração, também precisa configurar o seu servidor para remover este prefixo. Por exemplo, com o WSGI, isso pode ser alcançado definindo WSGIScriptAlias.

Dica

O prefixo deve iniciar com um /.

Exemplo:

URL_PREFIX = "/translations"

Nota

Esta configuração não funciona com o servidor embutido do Django, teria que ajustar urls.py para conter este prefixo.

VCS_API_DELAY#

Novo na versão 4.15.1.

Configures minimal delay in seconds between third-party API calls in Pull requests do GitHub, Merge requests do GitLab, Pull requests do Gitea, Merge requests do Pagure, and Azure DevOps pull requests.

Esta taxa limita as chamadas de API do Weblate a esses serviços para evitar sobrecarregá-los.

If you are being limited by secondary rate-limiter at GitHub, increasing this might help.

O valor predefinido é 10.

VCS_BACKENDS#

Configuração de backends VCS disponíveis.

Nota

Weblate tenta usar todos os back-ends suportados para os seus utilizadores.

Dica

Pode limitar escolhas ou adicionar back-ends VCS personalizados a usar isto.

VCS_BACKENDS = ("weblate.vcs.git.GitRepository",)

VCS_CLONE_DEPTH#

Configura a profundidade a clonagem de repositórios Weblate deve ter.

Nota

Atualmente, isto só é suportado em Git. Por predefinição, o Weblate faz clones rasos dos repositórios para tornar a clonagem mais rápida e economizar espaço no disco. Dependendo do seu uso (por exemplo, ao usar o personalizado Extensões), pode aumentar a profundidade ou desligar os clones rasos completamente definindo isso para 0.

Dica

No caso de receber o erro fatal: protocol error: expected old/new/ref, got 'shallow <hash de commit>' ao fazer push do Weblate, desative clones rasos completamente configurando:

VCS_CLONE_DEPTH = 0

WEBLATE_ADDONS#

Lista de extensões disponíveis para uso. Para usá-las, elas devem ser ativadas para um determinado componente de tradução. Por padrão, isso inclui todas as extensões embutidas, ao estender a lista, provavelmente pdoe manter as existentes ativadas, por exemplo:

WEBLATE_ADDONS = (
    # Built-in add-ons
    "weblate.addons.gettext.GenerateMoAddon",
    "weblate.addons.gettext.UpdateLinguasAddon",
    "weblate.addons.gettext.UpdateConfigureAddon",
    "weblate.addons.gettext.MsgmergeAddon",
    "weblate.addons.gettext.GettextCustomizeAddon",
    "weblate.addons.gettext.GettextAuthorComments",
    "weblate.addons.cleanup.CleanupAddon",
    "weblate.addons.consistency.LangaugeConsistencyAddon",
    "weblate.addons.discovery.DiscoveryAddon",
    "weblate.addons.flags.SourceEditAddon",
    "weblate.addons.flags.TargetEditAddon",
    "weblate.addons.flags.SameEditAddon",
    "weblate.addons.flags.BulkEditAddon",
    "weblate.addons.generate.GenerateFileAddon",
    "weblate.addons.json.JSONCustomizeAddon",
    "weblate.addons.xml.XMLCustomizeAddon",
    "weblate.addons.properties.PropertiesSortAddon",
    "weblate.addons.git.GitSquashAddon",
    "weblate.addons.removal.RemoveComments",
    "weblate.addons.removal.RemoveSuggestions",
    "weblate.addons.resx.ResxUpdateAddon",
    "weblate.addons.autotranslate.AutoTranslateAddon",
    "weblate.addons.yaml.YAMLCustomizeAddon",
    "weblate.addons.cdn.CDNJSAddon",
    # Add-on you want to include
    "weblate.addons.example.ExampleAddon",
)

Nota

Removing the add-on from the list does not uninstall it from the components. Weblate will crash in that case. Please uninstall the add-on from all components prior to removing it from this list.

Veja também

Extensões, DEFAULT_ADDONS

WEBLATE_EXPORTERS#

Novo na versão 4.2.

Lista de exportadores disponíveis que oferecem descarregar traduções ou glossários em vários formatos de ficheiro.

WEBLATE_FORMATS#

Lista de formatos de ficheiro disponíveis para uso.

Nota

A lista predfinida já tem os formatos comuns.

WEBLATE_MACHINERY#

Novo na versão 4.13.

Lista de serviços de tradução disponíveis para uso.

WEBLATE_GPG_IDENTITY#

Identidade usada pelo Weblate para assinar os commits Git, por exemplo:

WEBLATE_GPG_IDENTITY = "Weblate <weblate@example.com>"

O chaveiro GPG do Weblate é pesquisado por uma chave correspondente (home/.gnupg em DATA_DIR). Se não for encontrado, uma chave é gerada. Consulte Assinando commits do Git com GnuPG para mais detalhes.

WEBSITE_REQUIRED#

Defines whether Site da Web do Projeto has to be specified when creating a project. On by default, as that suits public server setups.

Configuring version control credentials#

Dica

This section describes VCS credential variables as GITHUB_CREDENTIALS, GITLAB_CREDENTIALS, GITEA_CREDENTIALS, PAGURE_CREDENTIALS, BITBUCKETSERVER_CREDENTIALS.

The configuration dictionary consists of credentials defined for each API host. The API host might be different from what you use in the web browser, for example GitHub API is accessed as api.github.com.

The following configuration is available for each host:

username

API user, required.

token

API token for the API user, required.

scheme

Novo na versão 4.18.

Scheme override. Weblate attempts to parse scheme from the repository URL and falls backs to https. If you are running the API server internally, you might want to use http instead, but consider security.

Dica

In the Docker container, the credentials can be configured using environment variables, see Code hosting sites credentials.